Amamentar

O sítio do Aleitamento Materno para cidadãos e profissionais de saúde

  

O apoio necessário ao aleitamento materno: o papel do pai, da família e de outros

O papel do pai

O papel do pai é muito importante na educação e crescimento de uma criança. De igual forma o papel do pai no aleitamento materno é bastante relevante. Sem o apoio do pai, o aleitamento materno pode não ter sucesso e o desmame pode acontecer mais cedo.

Por isso, é muito importante falar previamente com o seu marido ou parceiro, explicar-lhe que ele também é importante neste assunto e que vai precisar da ajuda dele. Discuta com ele quais são as vantagens para ao bebé, para a mãe e até as vantagens económicas.

Faça-lhe sentir que vai precisar da ajuda dele para coisas práticas como mudar a fralda, dar banho, consolar e dar colo ao bebé, o que lhe permitirá perceber como é importante para si,  para o bebé e para toda a família. Ao lidar com o bebé desta forma, pode também desfrutar do bebé e interagirem mutuamente.

O pai, para poder ser uma parte activa deste processo, estar informado e colaborar na amamentação, poderá ler livros, consultar a internet e acompanhar a mãe às consultas e às preparações pré natais.
 
 
O papel da família e dos amigos
 
Tal como o pai, a restante família e os amigos podem ajudar e ser uma fonte de encorajamento ou, pelo contrário, contribuírem para o aumento das dificuldades. As avós, em particular, porque muitas não amamentaram, podem ser origem de um ambiente adverso à amamentação. Deverá, também, explicar-lhes as vantagens e, se possível proporcionar-lhes informação relevante, por livros, etc. No sentido de satisfazer a normal e enorme vontade de ajudar, podem fazê-lo nas tarefas domésticas, a cozinhar, nas compras, permitindo à mãe concentrar-se na amamentação e descansar. 

Deve procurar que não existam demasiadas visitas que a impeçam de descansar e de se concentrar no seu bebé e na amamentação.

 Imprimir   
Pesquisa

Estatísticas
Links importantes
Login


Privacidade | Condições de Utilização