Amamentar

O sítio do Aleitamento Materno para cidadãos e profissionais de saúde

  

Após cesariana ou parto difícil

 

A realização de uma cesariana ou um parto difícil não afectam directamente o aleitamento materno. Contudo, em qualquer dos casos podem existir dificuldades acrescidas para dar de mamar, que se devem a diversos factores. 

          Dificuldades após cesariana ou parto difícil: 
      • Limitação no contacto imediato pele a pele;
      • Dor após cirurgia ou traumatismo do períneo;
      • Restrição de movimentos e cansaço fácil, impedindo cuidar do bebé;
      • Anestésicos e analgésicos afectando o comportamento do bebé;
      • Separação da mãe e do bebé pela necessidade de cuidados médicos. 
 
Mesmo assim a mãe pode começar a dar de mamar logo após o nascimento. Se for sujeita a anestesia geral, a mãe e o recém nascido podem ficar sonolentos nas primeiras horas após o parto, mas pelo contrário se tiver uma anestesia epidural isto afectará pouco o bebé e poderá começar a dar de mamar de imediato.
 
Enquanto a mãe não se poder mexer deve ajudá-la a posicionar o bebé. Ajuda prática no posicionamento e na pega diminuirão os riscos de má pega e aleitamento sem sucesso.
 
Poderá ser necessária a prescrição de medicamentos analgésicos, pois são frequentes dores nos dias imediatos à cesariana. A actividade ajuda a acelerar o processo de recuperação, por isso a mãe deve levantar-se e mover-se logo que possível, e para isso vai, de início precisar de ajuda. Para evitar mexer-se muito (acima abaixo na cama) ponha o berço perto e tenha fraldas, toalhetes, comida, um copo de água junto de mãe para que esta possa cuidar do bebé.
 

Após a alta, a mãe vai precisar de ajuda em casa, e por isso deve discutir cm a mãe essa neecssidade, como a satisfazer e com quem.

A mãe deve experimentar várias posições possíveis e adoptar a mais confortável, e porque foi sujeita a uma cirurgia pode precisar de ajuda para mudar de posição.

          Posições para dar de mamar após uma cesariana: 

  • Posição deitada: deitar suavemente de lado, com o braço debaixo da cabeça, e a ajuda de almofadas nas costas e no meio dos joelhos.
  • Posição de jogador de rugby: sentada com as costas apoiadas em almofadas, o bebé debaixo do braço e com os pés para trás. Esta posição permite evitar pressão no abdómen, podendo ser usada mais tarde na cadeira.
  • Posição sentada tradicional: com uma almofada debaixo do bebé, impedindo o contacto directo com o abdómen. Pode ser usada na cadeira, com um banco para os pés.
 Imprimir   
Pesquisa

Estatísticas
Links importantes
Login


Privacidade | Condições de Utilização